Como Transferir o Risco de Pintura em Tecido

risco de pintura em tecido

A primeira etapa para realizar a pintura em tecido, e também a mais importante, é passar o desenho para o tecido – é ele que guiará todo o trabalho de pintura. Logo, saber como transferir o risco de pintura em tecido é essencial para que o seu trabalho fique com um acabamento impecável e com aspecto mais profissional.

Para aprimorar seu trabalho de pintura em tecido e evitar que você perca tempo com tentativas frustadas, este post reúne dicas práticas sobre esta etapa. Você vai aprender como deixar o desenho bem alinhado no tecido, como fazer para que o papel com o risco dure muito mais tempo, e descobrirá alguns segredinhos para não manchar o tecido com o carbono. Acompanhe só!

Veja também:

47 Riscos para Pintura em Tecido

Pintura em Tecido com Stencil Passo a Passo

Descubra a Posição Certa do Risco

Dica 1 – Alinhe o risco com o tecido

Posicione o desenho escolhido no meio certinho do tecido. Sempre deixe as margens dos dois lados do desenho com tamanhos iguais para que seu trabalho fique simétrico. Não se esqueça também de deixar alguns dedos de margem na parte de baixo do tecido – é nesse espaço que você fará o “piso” ou o “chão da pintura”.

Fonte: Ariane Cerveira

Dica 2 – Prenda o papel com alfinetes

Como Pintar Rosas

Prenda o desenho ao tecido usando alfinetes de cabeça. Assim ele não sairá do lugar enquanto você faz a transferência.

Aula Rosas
Fonte: Graça Tristão
Descubra o Método Simples Para Pintar Qualquer Flor, Fruta, Boneca ou Bichinho em Tecido. Clique Aqui

Como Evitar Manchas no Tecido

Dica 1 – Reforce o traço do desenho

Passe a caneta hidrocor preta sobre todo o desenho do seu risco para pintura em tecido. Como essa caneta é bem escura, é só colocar o risco em baixo do tecido e transferi-lo com o lápis preto 6B, aquele usado para desenhar.

Essa dica funciona para tecidos claros e com boa transparência. Logo, é ideal para fazer riscos de pintura em fraldas e pintura em panos de prato, por exemplo.

Fonte: Ariane Cerveira

Dica 2 – Retire o excesso de tinta do carbono

Se você prefere usar o carbono para fazer a transferência dos riscos, mas ele sempre deixa manchas no tecido, para isso também temos uma solução. Basta retirar o excesso de tinta do carbono usando um pano seco ou um papel toalha, isso se ele for novo.

E se o carbono for velho melhor ainda, pois menores serão as chances dele manchar seu tecido. Mas lembre-se: o carbono a ser utilizado para fazer os riscos é o próprio para tecido, e não aqueles escolares, ok?

Fonte: Thanynha Avila

Dica 3  – Invista e uma mesa de luz

Outra dica, que poucas artesãs iniciantes sabem, é que existe uma ferramenta que facilita e muito esse processo, não deixa o tecido manchar e não estraga o papel com o risco. Estamos falando da mesa de luz.

Usá-la é muito simples, basta colocar o papel com o risco sobre essa mesa, posicionar o tecido e ligar a luz (a lâmpada se acende e mostra o risco, que fica visível o suficiente para ser copiado com o lápis 6B). Essas mesas podem ser encontradas em lojas que vendem matéria prima para artesanato, ou mesmo na internet.

Fonte: Andréa Mendes
Como Pintar Rosas

Dica: se você tiver uma mesa com tampo de vidro em casa pode improvisar uma mesa de luz. Basta colocar uma luminária por baixo e posicionar o risco + tecido sobre a mesa.

Aula Rosas
Você Ama Pintura em Tecido Mas Precisa Aprender de Verdade? Então Venha Para a Escola de Pintura. Aqui Você Vai Aprender a Técnica Certa Para Pintar Qualquer Coisa. Clique Aqui Para Mais Informações

Como Fazer o Desenho Durar Mais

Dica 1 – Use um boleador

Usando o carbono, transfira o risco do papel para o tecido com a ajuda de um boleador em substituição à caneta. Prefira um boleador de ponta menor e mais fina para criar um desenho mais delicado; e um de ponta maior caso você queira transferir um desenho mais marcado.

Dica: O boleador é muito usado para fazer decoração em unhas. Ele é encontrado em lojas de cosméticos em geral e também em algumas lojas que vendem material para artesanato.

Fonte: Graça Tristão

Dica 2 – Proteja o risco com um plástico

Caso você prefira usar o lápis ou a caneta para transferir o risco, coloque um plástico sobre o desenho antes de traçá-lo. Usando essas dicas, o seu risco de pintura em tecido não ficará todo riscado e durará muito mais tempo.

Fonte: Graça Tristão

Viu só como algumas dicas simples podem facilitar o seu trabalho com pintura em tecido? Com certeza agora que você já sabe como transferir o risco de pintura em tecido com o desenho bem alinhado, sem danificar o risco e sem manchar o tecido, sua técnica melhorará muito.

Se você quer aprimorar ainda mais seus conhecimentos de pintura em tecido, cadastre-se na Escola de Pintura. Lá você encontra muito mais dicas, riscos e passo a passos incríveis!

Veja também:

Como Pintar Rosas

Pintura em Pano de Prato Passo a Passo

Aula Rosas
Sorteio

Comentários